Marcas
Rastrear objeto
Correios
Código(s) de rastreamento:
Separados por ponto-e-vírgula
Facebook Like Box
Dor Glútea

 

Dor Glútea
 
As dores na região glútea são muito frequentes em alguns esportes, entre eles o tênis.
Frequentemente são simples de serem tratadas, mas se ficarem indo e voltando pode significar algo mais grave.
 
 
Todo atleta de tênis que joga frequentemente pode ter sentido isso antes: uma dor chata, localizada na parte de trás e bem no meio de um lado do glúteo, que geralmente incomoda para sacar e quando apoia-se a perna com muita abertura lateral.
 
Na maior parte das vezes esta dor é uma sobrecarga muscular, que ocorre devido a um encurtamento dos glúteos. Na matéria de fisioterapia, neste edição, vocês podem observar como podemos alongar esta região e prevenir, ou até mesmo tratar, este problema.
 
Porém um grande problema pode estar relacionado as dores na região glútea, quando elas vêm e vão muito frequentemente: compressão do nervo ciático.
 
As raizes nervosas que forma o ciático se originam da coluna lombar, mas eles passam na região glútea entre alguns músculos, e entre eles um chamado piriforme, por ter a forma de uma pera realmente. Neste local, é fácil ter uma compressão do nervo quando a musculatura está encurtada, e é por isso que a primeira dor parece somente uma dor muscular, pontual, sem nenhuma irradiação.
 
Com o avançar do dano deste nervo, podem ocorrer lesões internas, o que vai fazer com que os sintomas não sejam somente localizados na região glútea. Nestes casos mais avançados a dor desce para a perna, e pode ser sentida até mesmo na parte de fora dos pés.
 
Para saber se temos um problema de coluna ou uma compressão do nervo no piriforme temos que em primeiro lugar examinar muito bem o atleta. Existem testes específicos para uma ou outra lesão. Exames de ressonância magnética são os recomendados para excluir as hérnias da coluna lombar, que podem dar a mesma dor; mas infelizmente não existe um teste radiológico específico para a compressão do ciático no piriforme: o diagnóstico é eminentemente clínico, e é por isso que um médico deve ser procurado se a dor não vai melhorando com os alongamentos.
 
Cuidado com essa dor, pois pode ser o começo de um problema grave.
 
 
Bons jogos.
 
 
Dr. Rogério Teixeira da Silva
Ortopedista e Médico do Esporte
Mestre e Doutor em Ortopedia e Medicina Esportiva pela UNIFESP
Coordenador do NEO – Núcleo de Estudos em Esportes e Ortopedia
Diretor da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do Esporte da SBOT
Grupo de Ortopedia do Hospital São Luiz - Morumbi
Fone: (11) 5549-5581 / Skype:rgtsilva
www.neo.org.br / rogerio@neo.org.br
docroger.blogspot.com
Não há produtos para esta categoria.
Desenvolvido por Izi Digital
Tênis ProShop © 2014

Sports Proshop Ltda - CNPJ: 14.190.653/0001-95
Av. São Camilo 980, Granja Viana, Cotia - SP - CEP 06709-150