Filtre por

  • Preço
    R$ - R$

Tipos de cordas

Tipos de cordas

Tipos de cordas

 

A escolha do tipo de corda para uma raquete de tênis é tão importante para a qualidade e evolução do jogo, assim como para a preservação do braço, que merece especial atenção.

Dividimos e qualificamos as cordas em sete grupos, veja:

1- Nylon

• São cordas básicas. Baixo custo.

• Perdem tensão rapidamente.

• Alteram-se facilmente com a variação de temperatura.

• Tem baixa absorção ao impacto. Há exceções.

• Em geral são grossas.

• São mais resistentes a quebras pois afrouxam rapidamente.

 

2 - Tripa sintética

• Custo intermediário.

• Perdem menos tensão do que o nylon.

• Estão menos sujeitas a variação de temperatura.

• Tem boa absorção ao impacto.

• Em geral são finas ou intermediárias.

• Resistem menos a quebra do que o nylon.

 

3 - Poliéster

• Alta perda de tensão.

• Sofrem pouco com a variação de temperatura.

• Disponível em várias espessuras.

• Bem resistentes a quebra.

• Custo intermediário.

• Baixa absorção ao impacto.

• Contra indicada para quem teve ou tem histórico de incômodo no braço.

 

4 - Tripa Natural

• Segue e otimiza todas as características da tripa sintética.

• Extremamente sensível a umidade.

• Alto custo.

• Baixa durabilidade.

 

5 - MultifilamentoMateriais de Alta Performance

• São cordas sintéticas de altíssimo nível. Em geral multifilamentos desenvolvidos com tecnologias avançadas e matérias primas sofisticadas.

• De alta absorção ao impacto da bola, são as cordas indicadas aos tenistas com histórico de incômodo em qualquer parte do braço.

• Com média durabilidade, desfiguram a trama e em geral alto custo.

 

6 - Copolímero

• Embora muitos confundam as cordas de poliésteres com as de copolímeros (constituídas por diversos polímeros), é preciso saber que existem algumas semelhanças, mas as diferenças são significativas.

Compartilham da mesma dureza e são ótimos produtores velocidade de bola, mas os copolímeros têm maior absorção ao impacto e afrouxam significativamente menos do que os poliésteres.

Hoje podemos afirmar que 95% dos jogadores profissionais masculinos, e uma boa fatia do feminino, usam este tipo de corda.

 Fabricada em diversas espessuras, tem muito boa durabilidade. Reconhecidamente a maior evolução técnica em equipamentos para o esporte tênis dos últimos anos.

 

7- Híbrida (combinação de tipos de cordas)

• A mistura de duas cordas na mesma raquete é chamada de "corda híbrida" . A combinação mais popular é a de um copolímero na posição vertical e uma tripa sintética ou tripa natural ou ainda um multifilamento na horizontal.

• Indicadas aos jogadores avançados e profissionais por sua excelente adaptação aos mais variados golpes, tem muito boa durabilidade e absorção ao impacto da bola (se comparada a uma raquete encordoada com copolímero por inteiro).

• Podem ser misturadas em qualquer espessura, sendo que as com os copolímeros mais finos, são melhores para a velocidade de bola e o conforto.

 

Agora é com você.

 

 

Esta informação foi útil para você? Compartilhe este conhecimento com seus amigos: 

 

Não há produtos nesta categoria

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade Tênis ProShop.